COLÉGIO UNIVERSITÁRIO PIO XII

CENTRO DE EDUCAÇÃO UNIVERSITÁRIO

A História


 

Os Colégios universitários na Europa são tão antigos como as universidades. Floresceram à volta destas com uma missão bem específica: apoio logístico e formação integral do estudante, criando um ambiente comunitário saudável.

Extintos em 1834, coube aos Claretianos portugueses a honra de, após um interregno de 141 anos, restaurar no nosso país a tradição dos históricos Colégios Universitários de Lisboa e Coimbra.

Através do dinamismo e espírito empreendedor do P. Joaquim António de Aguiar, a ideia fez-se obra quando apareceu na Cidade Universitária de Lisboa o Colégio Universitário Pio XII, uma instituição bem na linha do espírito de Santo António Maria Claret, que tanto se preocupou com os problemas da educação da juventude e a evangelização da cultura.

 


A 29 de Agosto de 1955 é lançada a primeira pedra. Em Maio de 1957, com a presença das mais altas individualidades eclesiásticas e civis é inaugurada a primeira fase do complexo, com capacidade para 47 estudantes, todos com quarto individual com banho completo, uma novidade no meio universitário português, servido até então por meras residências, que não passavam de pensões sem o mínimo de condições para a formação integral do universitário.

Só em 1965 o plano fica completo, alargando a área para 150 estudantes e com todas as estruturas essenciais: igreja, biblioteca, auditório, salas de estudo, bar, salas de TV, ginásio, parque desportivo...

Desde a primeira hora, houve a preocupação de fazer desta casa algo mais que um simples "lar" ou "república", onde se cultiva a camaradagem e certos valores humanos.

O prjecto educativo do Colégio parte de uma perspectiva da formação integral do estudantes, contemplando a sua dupla dimensão, humana e cristã, e o crescimento harmónico de todos os elementos integrantes da educação.

Com este objectivo organizam-se palestras, debates, retiros, encontros, tendo como filosofia de fundo o diálogo fé-cultura, juntamente com a vivência e o aprofundamento da fé.


 
 

 

 

A Obra

Com o P. Joaquim António de Aguiar, a ideia fez-se obra bem junto da Cidade Universitária de Lisboa. Em 1955 fez-se a benção da primeira pedra e em 1957 nasceu o Colégio Universitário Pio XII. A Câmara Municipal de Lisboa atribui-lhe a Medalha de Prata de Mérito Municipal em 1982.

 

Condecoração

Em 2007, aquando do 50º aniversário do Colégio, a Presidência da República concedeu a Condecoração de Membro Honorário da Ordem de Mérito ao Colégio, o que muito nos honra pelo serviço que prestamos diariamente ao longo dos anos.

 

Mudanças

No ano 2016 o P. António Oliveira foi enviado para uma nova missão a partir da comunidade dos Carvalhos, Vila Nova de Gaia. Foram muitos anos ao serviço dos estudantes no Colégio Universitário Pio XII, da Congregação e da Igreja. Um grande obrigado!

Em direcção, Ceia de Natal no Colégio Pio XII.